O padrão do alfabeto fonético chinês

O chinês se diferencia dos alfabetos dos outros idiomas por que a sua pronunciação não corresponde com a sua escrita. Com a finalidade de facilitar a escritura dos caracteres e a sua consulta nos dicionários, os fonoaudiólogos traçaram o Padrão do alfabeto fonético chinês e em 1958 o governo chinês começou a realizar a aplicação desse padrão conhecido habitualmente como pinyin (sons ordenados). O pinyin adotou o alfabeto latino para transcrever os sons chineses; quatro marcas de tons diacríticos indicam os diferentes tons dos caracteres chineses. Na atualidade, o pinyin está amplamente estendido e tem ajudado a população do chinês simplificado (Putonghua). O uso do pinyin no estudo do chinês proporciona muitas vantagens práticas para a aprendizagem do idioma.

Fonte: El Nuevo Libro De Chino Práctico – Libro De Texto 1

Yí huìr jiàn ❤

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s